02 de junho de 2020 - 01:51

? ºC Cuiabá - MT

Educação

27/03/2020 12:13 OlharDireto

Governo ainda não definiu liberação de aulas e pode prorrogar paralisação

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, afirmou que a retomada das aulas na rede pública no Estado, prevista para ocorrer no início de abril, “provavelmente” será revista. A data marca o início da “subida” no número de casos de coronavírus em Mato Grosso, conforme preveem especialistas. 

“Provavelmente essa decisão terá que ser revista, porque se estivermos numa crise muito alta não será recomendável voltar. Num primeiro momento ainda não tínhamos ainda a estimativa de quando a situação iria se agravar, ainda estávamos otimistas de que o vírus não tinha grande desenvoltura no calor de Mato Grosso. Essas decisões que estamos tomando nós iremos rever e se no dia 07 nós entendermos que não é conveniente voltar as aulas na rede estadual, essa será a decisão do Governo”, disse o secretário. 

As aulas em toda rede pública de ensino do Estado foram suspensas por meio de decreto ainda no início do surgimento de casos de coronavírus no País. À época, Mato Grosso não tinha casos confirmados da doença. Pelo ofício, as escolas fecharam suas portas no dia 23 de março. 
Até o momento, o Estado contabiliza 11 casos confirmados da Covid-19 e ainda analisa outros 385 casos suspeitos. Nesta quinta-feira (26), o governador Mauro Mendes (DEM) optou por flexibilizar as normas de quarentena no Estado, por entender que Mato Grosso ainda concentra poucos casos da doença. 
 
Questionado sobre eventuais riscos que a decisão de “afrouxar” as restrições pode causar, o secretário não descartou uma “quarentena total” no Estado. Por hora, o governador decidiu manter o fechamento de parques, cinemas e igrejas. Porém, permitiu a abertura e funcionamento de shopping centers, mercados e serviços funerários.

JD News

Portal JD News tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece nos domínios da maior ilha marítima do Brasil.

Telefone para contato

(65) 999071991

E-mail: contato@jdnews.com.br

© copyright 2016 Todos os direitos reservados.

Redes Sociais